'A linguagem das pedras nos corações dos homens' - Com a qualidade jornalística  Via Fanzine

 HOME | ZINESFERA| ENTREVISTAS| ITAÚNA| J.A. FONSECA| PEPE MUSIC| UFOVIA ASTROVIA

 

Arqueolologia

 

Artista arqueólogo:

Gabriele Baraldi tem e-book lançado

 O trabalho que traz um texto do próprio Gabriele Baraldi dissertando sobre a suposta passagem de elementos da civilização hitita na América do Sul, é assinado pelos autores Oleg I. Dyakonov e J.A. Fonseca.

 

Por Pepe Chaves*

Para Via Fanzine

14/04/2020

 

Neste trabalho, os autores destacam pontos marcantes da vida e obra, das pesquisas e trabalhos desenvolvidos pelo artista arqueólogo. O livro é gratuito e pode ser solicitado gratuitamente por e-mail pelos internautas.

 

O artista plástico e arqueólogo ítalo-brasileiro Gabriele D’Annunzio Baraldi recebeu um e-book alusivo ao seu trabalho, neste mês de abril de 2020. "Gabriele Baraldi, artista arqueólogo" é o nome do livro lançado graças aos esforços de sua irmã Anna Baraldi Holst em memória do pesquisador.

 

O trabalho que traz um texto do próprio Gabriele Baraldi dissertando sobre a suposta passagem de elementos da civilização hitita na América do Sul, é assinado pelos autores Oleg I. Dyakonov e J.A. Fonseca. Ambos destacam pontos marcantes da vida e obra, das pesquisas e trabalhos desenvolvidos pelo artista arqueólogo.

 

Ao conhecer seu trabalho, fui surpreendido pelo pesquisador arqueológico russo Oleg I. Dyakonov, especialmente, pela sua detalhada pesquisa sobre vida e obra do arqueólogo e atlantólogo Gabriele D’Annunzio Baraldi. Mas também pelo seu interesse acerca das antigas civilizações da pré-história brasileira e por sua admiração pelo nosso país.

 

Em seu trabalho que compõe este livro, intitulado “Vida e descobertas de Gabriele D’Annunzio Baraldi”, Dyakonov mostra de maneira sucinta, parte da trajetória de vida do pesquisador arqueológico e artista plástico italiano, Gabriele Baraldi, posteriormente radicado no Brasil. Com ênfase em períodos ocorridos após a sua saída da Itália e vinda para a América do Sul, Diakonov pontua detalhes de vida e obra de Gabriele Baraldi.

 

Na presente versão traduzida pelo próprio autor, ele relaciona alguns dos pontos mais explorados por Baraldi, como a cidade perdida de Ingrejil, localizada no sertão baiano e a enigmática Pedra do Ingá, no interior da Paraíba. Também dá ênfase à Cueva de los Tayos, a caverna secreta equatoriana que guardou um tesouro de valor inestimável em pedrarias e obras de artes antigas, além de vários outros aspectos acerca dos estudos, pesquisas e a valiosa coleção de objetos antigos do pesquisador ítalo-brasileiro.

 

A versão russa do mesmo artigo foi publicada em 2014 no segundo volume do “CRONOS: almanaque sobre os mistérios das antigas civilizações” (Moscou, ed. Veche), editado pela Sociedade Russa para os Estudos dos Problemas da Atlântida (ROIPA, da sigla em russo) sob patrocínio da Sociedade Nacional de Geografia.

 

Pesquisador e autor de vários artigos especializados, Oleg I. Dyakonov é também tradutor em português, espanhol e inglês. É correspondente e colaborador do portal Via Fanzine em Moscou.

 

Por sua vez, o coautor deste trabalho, o pesquisador mineiro, de Itaúna, J.A. Fonseca é um velho conhecido deste editor. Autor de cinco livros que abordam temas distintos, Fonseca é um eterno buscador. Mais tarde, ao lado de sua esposa Margarete, pôde realizar uma série de visitas a sítios arqueológicos em várias regiões brasileiras. Estes trabalhos lhe renderam várias reportagens estampadas com fotos e ilustrações de sua autoria, todas hospedadas em seu site J.A. Fonseca.

 

Profundo interessado pelos trabalhos de Gabriele Baraldi, Fonseca chegou a destacá-los em alguns artigos, especialmente, ao que se relaciona à enigmática Pedra do Ingá, situada no Estado da Paraíba, Brasil, local também visitado por ele. Sua contribuição a este trabalho converge na possibilidade levantada por Baraldi, de que os belíssimos caracteres gravados na importante pedra paraibana sejam de origem proto-hitita, povo este que, acreditava Baraldi, um dia teria estado por aquela região brasileira e nos deixado os seus registros gravados naquela pedra.

 

- O e-book "Gabriele Baraldi, artista arqueólogo", pode ser solicitado gratuitamente ao e-mail: annabaraldiholst@gmail.com.

 

* Pepe Chaves é jornalista e editor de Via Fanzine e da Rede ZINESFERA.

  

- Leia também: 

   Paleotocas: Antigas estruturas cavadas por animais extintos

   Museu Peter Lund vai reunir descobertas paleontológicas do século XIX 

   Antepassado do homem não estava só

   Tesouro é achado em local de batalha dos cruzados

   A antiguidade dos registros rupestres do Brasil - Por J.A. Fonseca

   Cueva de los Tayos: a verdadeira caverna do tesouro - Por Yuri Leveratto

   Você sabe o que é Arqueologia? - Por Paulo R. Santos

   Fonte Magna - a herança dos sumérios ao Novo Mundo

   Brasil Central: pés e círculos impressos na rocha são alguns vestígios

   Cerâmicas précolombianas: descoberta arqueológica em Itaúna-MG

   Escócia: descoberto túmulo que refaz a história

   J.A. Fonseca registra mais um muro de pedra em Itaúna

   Antigos muros de pedras no interior de Minas Gerais

   Estranhos signos na arte rupestre do Brasil

   Questões não respondidas do Brasil Antigo - Parte 1

   Questões não respondidas do Brasil Antigo - Parte 2

   Fonseca visita os Muros da Mata da Onça VÍDEO

   As inexplicáveis 'construções' de Paraúna (GO)

   Pedra do Ingá: a tese de Baraldi e a conclusão desse autor

   Visite o portal oficial de Gabriele Baraldi

   Visite o portal oficial  de J.A. Fonseca

 

- Produção: Pepe Chaves.

© Copyright 2004-2020, Pepe Arte Viva Ltda.

 

 

Voltar para

ARQUEOLOvia

 

 

 

A TV QUE CRESCE COMO VOCÊ

inconfidente&confiável

 

 HOME | ZINESFERA| ENTREVISTAS| ITAÚNA| J.A. FONSECA| PEPE MUSIC| UFOVIA ASTROVIA

© Copyright 2004-2020, Pepe Arte Viva Ltda.