AEROVIA ARQUEOLOVIA ASTROVIA DORNAS DIGITAL ITAÚNA FANZINE J.A. FONSECA UFOVIA VIA FANZINE

          

Entrevista Internacional

 

Especial:

Entrevista com Roger Dean

Artista plástico inglês

 

Tão logo o portal Via Fanzine entrou no ar em abril de 2004, tivemos o prazer de entrevistar o artista plástico e ilustrador inglês Roger Dean. Ele trabalhou como capista de alguns dos mais consagrados álbuns de rock de bandas como Yes, Led Zeppelin, Uriah Heep, entre outras, para as principais gravadoras do planeta. É também autor da logomarca oficial da banda Yes e como artista plástico, continua levando seus trabalhos às principais galerias de artes do mundo. Esta entrevista, originalmente concedida por Roger Dean a Via Fanzine em abril de 2004, foi atualizada/revisada em janeiro de 2023, com adição de outros trabalhos artísticos de Dean.

 

 Por Pepe Chaves*

Exclusivo para

Via Fanzine

Abril-2004

 

Roger Dean em 2023: na ativa com produção e exposições de seus trabalhos.

 

Há muito o inglês Roger Dean se tornou um consagrado artista internacional, dos mais reconhecidos na pop art mundana do século XX. Seus distintos trabalhos atingiram de forma direta a mais de 100 milhões de admiradores em todo o planeta. Seja através das inúmeras capas dos álbuns musicais que ilustrou ou dos diversos produtos de sua Store que levam sua marca. O menino que começou a desenhar desde cedo, ainda em sua juventude, tornou-se um destacado artista plástico contratado pela gravadora Atlantic Records nos anos de 1970. Na Atlantic trabalhou como ilustrador para as mais famosas bandas de rock, entre elas, o Led Zeppelin e o Uriah Hippie. Entretanto, sua criatividade surrealista viria se aliar perfeitamente às canções do grupo inglês Yes, que o “adotou” como ilustrador quando passou a ter as principais capas de seus álbuns assinadas por Dean. Atualmente, o artista segue em plena atividade, tendo produzido capas e artes para os últimos trabalhos da banda Yes. Além disso, continua expondo seus trabalhos na melhores galerias da Inglaterra e dos Estados Unidos. Nesta histórica entrevista gentilmente nos concedida a Via Fanzine, Roger Dean nos disse que fala pela primeira vez a um jornalista da América do Sul e dos países de língua portuguesa. Roger, que nunca visitou o sub-continente americano diz que adoraria conhecer o Brasil e sua arte. Nessa entrevista ele nos disserta um pouco sobre seu trabalho, o envolvimento com o Yes, além de pincelar seu pensamento sobre a possibilidade de vida inteligente fora da Terra.

 

Via Fanzine: Roger, quando o senhor se iniciou nas artes plásticas?

Roger Dean: Meu interesse pelas artes se iniciou como geralmente acontece com todas as crianças. No meu caso se deu quando eu tinha de quatro para cinco anos. Acredito que todas as crianças nessa idade estão propensas às artes.

 

VF:  Poderia nos citar algumas de suas influências artísticas?

RD: A maior influência que existe em todo o meu trabalho veio das paisagens. Embora quando eu tinha 10 para 11 anos estive muito interessado em desenhar e pintar todas as raças de animais selvagens. Inseri no meu livro um desenho de um dos meus texugos, feito quando eu tinha 11 anos. 

 

Roger Dean em foto dos anos 70, ao fundo, "Yellow City" (Cidade Amarela), uma de suas paisagens.

 

VF: Como o senhor define o seu trabalho?

RD: Diria que meu trabalho seja fruto da natureza terrestre aliada ao meu amor pela engenharia arquitetônica. Tudo isso se mistura e se traduz no meu trabalho.

 

VF: Como surgiu o contato com o pessoal do Grupo Yes e como se deram os primeiros trabalhos de ilustração para os álbuns da banda?

RD: Eu fui apresentado ao Yes através de Phil Carson diretor da Atlantic Records na Europa.  Carson me disse ter gostado do meu trabalho e me contratou para ilustrar capas de álbuns do cast da Atlantic Records, entre elas estavam o Led Zeppelin e o Yes. Porém, o Yes necessitou primeiro de uma ilustração e, enfim, o meu trabalho atendeu muito bem.

 

 

Detalhe da pintura "Floating Islands" (Ilhas Flutuantes).

 

VF: Roger Dean e Yes produziram alguns dos mais originais trabalhos da pop art mundial no Século XX. Como foi para o senhor participar de tal processo?

RD: Tudo aquilo foi uma experiência maravilhosa. Para mim foi um grande privilégio e pude me divertir muito naquela época.

 

VF: Durante o tempo em que trabalhou como ilustrador do grupo Yes, o senhor criou paisagens que poderiam sugerir mundos extraterrestres. Existe uma filosofia que possa melhor expressar o conteúdo de sua arte?

RD: Todas as minhas paisagens - não importa quão estranhas sejam - foram todas inspiradas por paisagens que existem aqui na Terra mesmo. Não há nenhum pretexto nelas, no sentido de se tratarem de locais realmente extraterrestres. Há muito das minhas ideias próprias dentro das minhas paisagens, e isso está, por exemplo, nas estradas, nas trilhas e em todos os locais que desenho. Enfim, todas estas junções acabam se definindo da forma devida.

 

Ilustração de Dean para a banda de blues King Bizkit, do seu álbum “Selling My Soul” (Vendendo Minha Alma).

 

VF: Recentemente, o senhor anunciou a produção de um filme, Floating Islands, que contará com animações de seu trabalho aliadas à música do Yes. Como o senhor define o filme?

RG: Sim. O filme será um longa-metragem utilizando animação. Mas eu diria que, ainda assim, Floating Islands terá mais a ver com o filme O Senhor dos Anéis do que com os desenhos animados do Mickey Mouse.

 

VF: O senhor poderia nos adiantar alguma coisa sobre a produção de Floating Islands?

RD: Nós estamos ainda em fase de pré-produção do filme. Mas estaremos anunciando ao público sobre as novidades programadas pela produção. Assim que houver definições estaremos divulgaremos novos detalhes sobre o enredo da história e a produção de Floating Islands.

 

 Logomarca criada por Roger Dean para trabalhos do Yes.

 

VF: O senhor já esteve no Brasil? Conhece alguma obra artística ou arquitetônica desse país?

RD: Eu ainda não estive na América Sul, mas adoraria visitar este continente um dia. Conheço pouco da arte brasileira, mas gostaria muito de conhecer mais.

 

VF: Há outras parcerias para surgirem com o grupo Yes?

RD: No momento estamos trabalhando na produção de Floating Islands, que é um grande projeto. Mas creio que futuramente desenvolveremos outros trabalhos em conjunto.

 

Elephants, obra de Roger Dean.

 

VF: O senhor acredita na  vida extraterrestre?

RD: Não posso acreditar que nós somos os únicos seres inteligentes no Universo.

 

VF: Qual é a sua concepção acerca dos OVNIs? O senhor acredita que já fomos ou estamos sendo visitados por civilizações consideradas superiores?

RD: Eu não sei... Mas veja bem, se nós estivermos sendo visitados não me faz nenhum sentido que seja de forma secreta. Se há contato, por que mantê-lo-ia secreto?  Se não estamos sós, não creio que alguém poderia manter escondida esta informação. 

 

A famosa logomarca oficial da banda Yes, criada por Roger Dean.

 

 

VF: Já viu um OVNI alguma vez ?

RD: Eu já vi muitas coisas que eu não tenho compreensão para elas atualmente, tampouco, no passado, quando as vi. Mas nada do que vi está diretamente relacionado com o fenômeno que as pessoas chamam de OVNI.

 

VF: Mr. Roger Dean, agradecemos muitíssimo pela entrevista e desejamos-lhe sucesso.

 RD: Obrigado! Para mim foi uma grande honra.

 

* Pepe Chaves é editor de Via Fanzine e da ZINESFERA.

 

- Tradução: Paulo Santos e Pepe Chaves.

 

- Matéria atualizada em janeiro/2023.

 

+ sobre Roger Dean:

 

- Site oficial Roger Dean:

www.rogerdean.com

 

- Página de Roger Dean no Facebook

 

- Todas as imagens: Acervo Roger Dean©.

 

- Produção: Pepe Chaves.

  

 © Copyright 2004-2023, Pepe Arte Viva Ltda.

 

 

*  *  *

 

 

Ir para a página principal

 

AEROVIA ARQUEOLOVIA ASTROVIA DORNAS DIGITAL ITAÚNA FANZINE J.A. FONSECA UFOVIA VIA FANZINE

          

© Copyright, Pepe Arte Viva Ltda.