ARQUEOLOVIA ASTROVIA DORNAS ITAÚNA J.A. FONSECA SÃO TOMÉ UFOVIA VIA FANZINE           

 

 Sobradinho de Minas

 

 

São Tomé das Letras:

OVNI é avistado no Pico do Gavião

Morador de Sobradinho de Minas, sua família e vizinhos, avistaram um OVNI luminoso e colorido que pairou e depois desceu na região do paredão do Pico do Gavião com a Cachoeira da Chuva, na divisa de São Tomé das Letras com Luminárias.

 

Por Pepe Chaves*

Para Jornal São Tomé Online

26/03/2020

 

 

Fremes de um vídeo de celular mostram detalhes do OVNI em formato de disco voador, conforme testemunhado por um cidadão e seus familiares, que ficaram atônitos e muito impressionados com o avistamento.

 

Na noite de ontem, quarta-feira, 25/03, por volta das 21h, nossa redação foi acionada por um morador aqui de Sobradinho de Minas, São Tomé das Letras-MG, o conhecido mecânico, trilheiro e promotor de eventos Luiz Carlos (Barranco). Atônito, ele nos comunicou que, juntamente com sua família e alguns vizinhos, acabara de avistar um enorme objeto voador não identificado (OVNI) descendo sobre o Pico do Gavião, local que pode ser visto dos fundos de sua casa.

 

Na comunicação, ele estava bastante impressionado com o ocorrido e pediu para que nos dirigíssemos à sua casa com uma câmera de vídeo na tentativa de registrar a ocorrência. Afirmou para irmos rápido, pois acreditava que o objeto que ali descera levantaria voo em breve. Rapidamente, peguei minha filmadora, coloquei uma blusa e corri para lá, juntamente com uma amiga que, assim como eu, também se interessa por ufologia.

 

Chegamos em frente à sua casa e encontramos Barranco e sua família bastante exaltados e impressionados com o avistamento. Seus filhos (todos crianças) e a esposa que também viram a descida do objeto luminoso estavam bastante assustados. O filho mais novo teve medo ao ver aquilo e correu para dentro de casa para se  esconder. Naquele momento, seus três filhos estavam temerosos com o OVNI, mas procuramos acalmá-los, afirmando que seja o que fosse, não representava nenhuma ameaça e eles estariam seguros dentro de casa.

 

 

O avistamento no Pico do Gavião

 

Segundo Barranco, tudo começou ao avistar algo que parecia ser uma estrela muito grande. A princípio, ele estava sozinho em um lote ao lado de sua residência. Aquilo era muito brilhante e vinha pela direção do Pico do Gavião, porém, bem distante. Mas vinha se aproximando e crescendo.

 

Barranco me levou ao lugar em que estava quando avistou o fenômeno, e me descreveu com detalhes tudo o que se passou. Ele afirmou que todo o avistamento durou cerca de longos 15 minutos. Ali, em um lote gramado situado ao lado de sua casa, de onde pode-se avistar o Pico do Gavião ele descreveu o ocorrido. No local, me mostrou a região do avistamento: por sobre o pico, onde o objeto foi se aproximando e crescendo, até ficar enorme, “maior que uma casa”, segundo ele. Durante a conversa, o tempo todo ficamos atentos àquele local, mas nada avistamos de anormal.

 

De acordo com ele, após se aproximar do pico, aquele iluminado objeto voador permaneceu pairando por vários minutos, bem acima da região do paredão. Brilhando muito, o OVNI ficou ali imóvel no ar por algum tempo. Ele descreve o objeto como redondamente achatado, portando inquietas luzes brancas e coloridas em formato de um típico disco voador. Até que o objeto soltou ao redor de si, longos feixes de luzes para o alto e para os lados, formando assim, uma enorme cruz luminosa, onde a junção desses traços culminava no meio daquele objeto.

 

Nesse momento ele se assustou muito, pois, incrivelmente, logo após se fazer este "show de luzes", a partir do OVNI se despendeu um feixe de luz roxa (idêntico ao de uma caneta laser) em sua direção e este tocou próximo aos seus pés ali, naquele gramado. Ao notar o raio de luz sair do objeto (que estava bem distante, no alto do pico) e vir em sua direção, ele se assustou e correu, afirmando que não sabia o efeito que aquela luz poderia lhe causar. Nesse momento saiu em desespero dali, indo em direção à sua casa e gritando para que sua esposa e filhos também vissem aquilo. Vieram então para a rua os três filhos, a esposa e mais dois vizinhos que dali passaram a testemunhar o fenômeno luminoso.

 

Todos observaram que o OVNI, após ficar um tempo imóvel sobre aquele local do pico, foi lentamente descendo na região do paredão do Pico do Gavião com a Cachoeira da Chuva, até sumir completamente por detrás da serra de Sobradinho.

 

Durante os 15 minutos de avistamento, ele tentou filmar com o celular, mas os vídeos não ficaram bons por conta da baixa resolução do aparelho para filmagens noturnas. Mas, apesar de não ter conseguido focar o objeto na filmagem, ele conseguiu registrá-lo parcialmente no canto esquerdo de um dos vídeos - de onde reproduzimos os frames que ilustram o topo dessa matéria. Porém, os vídeos gravados registram as vozes no momento do avistamento, dele e da família, onde podemos sentir a emoção e uma certa tensão das testemunhas com o avistado.

 

Barranco também informou que além de todas as pessoas que avistaram aquilo, o cachorro de um vizinho que estava numa varanda também ficou imóvel observando as fortes luzes na serra. Além disso, seu cachorro, chamado Tarzan, um belo pastor alemão, estava do seu lado naquele momento e também contemplou o avistamento, ficando bastante eufórico durante e após avistar aquilo. Inclusive, quando eu estava lá com ele, Tarzan estava inquieto, andando rápido ia em várias direções nas imediações, não parava quieto. Ele me garantiu que o comportamento do animal ainda estava anormal, pois aquele era um cão bastante sossegado e sabia que ele não estava no seu normal.

 

Nós ficamos por uns 30 minutos no local do avistamento, conversando e, munido de câmera, observando constantemente o lugar em que o objeto baixou. Infelizmente nada vimos fora do normal. Depois, com o intuito de observar o local do avistamento livres das luzes urbanas, eu e minha amiga nos despedimos deles e seguimos pela estrada que leva ao Pico do Gavião. Paramos no primeiro entroncamento à direta no caminho do pico, uma espécie de mirante, de onde podíamos observar a região do avistamento e toda a extensão do pico, agora, livres das luzes artificiais de Sobradinho. No entanto, ali ficamos por cerca de meia hora, mas nada avistamos, a não ser um céu maravilhosamente negro e bastante estrelado.

 

Luiz Carlos Barranco e os filhos, que tiveram o inusitado avistamento.

 

'Foi uma coisa maravilhosa'

 

Vale registrar que, Barranco ao presenciar a maior parte do avistamento ficou bastante impressionado com o fenômeno, segundo ele, “Foi uma coisa maravilhosa, nunca vou me esquecer, as luzes coloridas que fizeram o formato de uma cruz”, afirmou ele, sobre o OVNI luminoso e colorido que se exibiu na sua frente. Seus filhos e a esposa também confirmaram o avistamento, mas não conseguimos falar com os outros dois vizinhos que também presenciaram o fato.

 

Segundo ele, o objeto era um perfeito disco voador: formato discoidal, rodeado por luzes que piscavam em várias cores, prevalecendo o branco. E nos contou uma curiosidade particular: ele, que conhece bem toda aquela região (é praticante de trilhas) afirmou categoricamente que o objeto desceu abaixo do paredão do pico, na região da Cachoeira da Chuva. Barranco contou que certa vez, estava naquele local, no alto do pico e acima da Cachoeira Chuva, quando ouviu um estranho som, lá em baixo. Era um som diferente de tudo que já ouvira, e que não conseguiu nos descrever. Curioso com aquilo, ele disse que naquele momento tentou se aproximar do alto para ver o que havia em baixo, mas afirma que sentiu arrepios por toda a pele, e então recuou.

 

Temendo o ridículo sobre o seu atual avistamento, ele nos confessou, “Estou tornando esse avistamento público porque outras pessoas também testemunharam comigo. Se eu tivesse visto sozinho, eu não ia falar pra ninguém, pois iam achar que eu estava doido. Mas eu já vi outras coisas assim também no passado...”.

 

Lugar tem histórico de avistamentos

 

Pedi pra nos contar sobre outro avistamento de OVNI que presenciou naquela região e ele apontou para a serra oposta, próxima à Gruta de Sobradinho, onde viu e descreveu o movimento de uma grande esfera prateada. A ocorrência se deu à luz do dia (por volta das 16h) em tempo aberto. A "bola" voadora prateada se dirigiu ao cume de uma serra e depois voltou ao local de onde partiu, para em seguida, sumir na vertical e desaparecer no céu, numa velocidade assustadora. Até hoje ele não sabe o que poderia ser aquilo.

  

O Pico do Gavião que está situado na divisa dos municípios de São Tomé das Letras e Luminárias, é uma região de vasta beleza natural, com ricas fauna e flora. Um dos principais pontos turísticos da região, ali está um mirante com altitude de 1600 metros, cercado por campos abertos e matas fechadas, onde se mistura Mata Atlântica com Cerrado. Na região há poços e cachoeiras nos flancos do pico.

 

Também ali, do outro lado da serra, está instalado um Campo de Instrução Militar do Exército Brasileiro, administrado pela ESA, sediada em Três Corações. Toda a região do Pico do Gavião é cenário também para distintos casos de avistamento de OVNIs e fenômenos luminosos, narrados por outros moradores de Sobradinho de Minas e ocorridos em diferentes épocas.

 

* Pepe Chaves é jornalista e editor dos portais Via Fanzine, Jornal São Tomé Online e da Rede ZINESFERA.

 

- Fotos: Luiz Carlos Barranco/Arquivo Jornal São Tomé Online.

 

Leia também:

Outros destaques no Jornal São Tomé Online

Outros destaques em Via Fanzine

 

- Produção: Pepe Chaves.

© Copyright 2004-2020, Pepe Arte Viva Ltda.
 

 

 

   

Ir para a página principal

 

 

ARQUEOLOVIA ASTROVIA DORNAS ITAÚNA J.A. FONSECA SÃO TOMÉ UFOVIA VIA FANZINE           
© Copyright 2004-2020, Pepe Arte Viva Ltda.