ARQUEOLOVIA ASTROVIA DORNAS ITAÚNA J.A. FONSECA SÃO TOMÉ UFOVIA VIA FANZINE           

 

 

Vale dos Elfos:

Perereca pode ser uma B. Alvarengai

Uma curiosa perereca fotografada em São Tomé das Letras pode pertencer a uma espécie restrita à Serra do Espinhaço. 

 

Da Redação*

Via Fanzine

JORNAL SÃO TOMÉ ONLINE

29/11/2018

 

A Bokermannohyla Alvarengai foi descrita pelo pesquisador paulista Werner Bokermann em 1956. O alvarengai no nome é homenagem ao Coronel da Força Aérea Brasileira, zoólogo Moacir Alvarenga (1915-2010), amigo de Bokermann.

ST das Letras: onde o tempo poderia parar - Arquivo VF

Outros destaques em Via Fanzine

   

Uma espécie de perereca fotografada no Vale dos Elfos em São Tomé das Letras, chamou a atenção de alguns biólogos. A espécie se encontrava camuflada sobre uma pedra, à beira de um ribeirão quando foi fotografada pelo jornalista Pepe Chaves, editor do Jornal SÃO TOMÉ Online.

 

Por pouco o animal não foi avistado, já que sua cor se misturava com os fungos sobre a pedra em que se encontrava. “Eu reparei que a perereca estava inerte, com os olhos abertos e sobre o seu corpo pousavam pequenos mosquitinhos, como que atraídos por algum odor. Ao pousarem, estes mosquitinhos então ficavam grudados em sua pele”, afirmou Chaves.

 

Ao ver as fotos do anfíbio, o consultor de Via Fanzine em Taubaté-SP, professor José Ildefonso, as mostrou para o biólogo Henrique Costa, herpetólogo, doutor em zoologia e divulgador científico.

 

A curiosa espécie se encontrava inerte na beira de um ribeirão.

 

Por sua vez, Henrique Costa conversou com os também biólogos Diego Santana e Fernando Leal. De acordo com eles, a espécie se parece muito uma Bokermannohyla Alvarengai. Segundo informou Henrique Costa, trata-se de “um bicho que vive em afloramentos rochosos de serras e se reproduz em riachos temporários que surgem na época de chuvas”.

 

Contudo, de acordo com o biólogo, o exemplar pode não se tratar da Bokermannohyla Alvarengai, uma vez que, “a B. Alvarengai é conhecida para a Serra do Espinhaço, região mais ao norte de São Tomé das Letras. Esse bicho da foto pode fazer parte de uma população isolada ou até mesmo ser de outra espécie, pois a identificação por fotos por vezes é imprecisa. Só uma expedição à região (com licenças fornecidas pelos órgãos ambientais) poderia confirmar a identificação”, disse Costa.

 

Falando conosco, Henrique Costa também esclareceu que, “tecnicamente falando [esta espécie] é mais uma perereca (bichos com pele mais lisa e discos adesivos nas pontas dos dedos) do que um sapo (bichos geralmente com pele mais rugosa e dedos sem discos adesivos), embora não seja 'errado' chamá-la de sapo”.

 

O biólogo também afirmou que a espécie é conhecida popularmente como perereca-de-Santa-Bárbara e alertou para uma curiosidade adicional: “algumas poucas espécies de pererecas têm esse hábito de ‘tomar sol’, cuja função fisiológica ainda não é bem esclarecida”, afirmou.

 

O animal parecia repousar numa pedra, enquanto pequenos mosquitos pousavam e grudavam em sua pele.

 

Costa também nos explicou que, “a Bokermannohyla Alvarengai foi descrita pelo pesquisador paulista Werner Bokermann em 1956. O alvarengai no nome é homenagem ao Coronel da Força Aérea Brasileira - na época tenente - Moacir Alvarenga (1915-2010), amigo de Bokermann, e que também era zoólogo e entomólogo. O Coronel Alvarenga, inclusive, descreveu algumas espécies de insetos, particularmente, besouros”.

  

O chamado Vale dos Elfos, onde esta espécie de perereca foi fotografada, se situa entre o Vale das Borboletas e a Garganta do Diabo, em São Tomé das Letras-MG, e por haver grande quantidade de pedras soltas se tornou um ambiente ideal para a reprodução de várias espécies de répteis, como nossa reportagem já pôde constatar em outras visitas ao local.

 

* Com a colaboração de Henrique Costa, Diego Santana, Fernando Leal e José Ildefonso P. de Souza.

 

- Fotos: Pepe Chaves.

 

- Produção: Pepe Chaves.
© Copyright 2004-2018, Pepe Arte Viva Ltda.
 

Ir para a página principal

 

ARQUEOLOVIA ASTROVIA DORNAS ITAÚNA J.A. FONSECA SÃO TOMÉ UFOVIA VIA FANZINE           
© Copyright 2004-2018, Pepe Arte Viva Ltda.
 

 

Motigo Webstats - Free web site statistics Personal homepage website counter