ARQUEOLOVIA ASTROVIA DORNAS ITAÚNA J.A. FONSECA SÃO TOMÉ UFOVIA VIA FANZINE           

 

 

 Crônicas de São Tomé

    

Paradoxos:

São Tomé e a Ilha da Fantasia

Este antigo seriado aborda uma ilha paradisíaca onde qualquer desejo pode ser realizado por aqueles que a visitam. Há na ilha um certo mistério que envolve todos que por ali passam.

 

Por Pepe Chaves*

Para Jornal São Tomé Online

24/01/2019

 

Na cidade, também, sempre chegam pessoas vindas das mais diversas localidades do Brasil e do exterior, algumas para somente visitar e outras para residir.

Leia também as outras crônicas:

Aspectos humanísticos e típicos de São Tomé

De Sant'Ana a São Tomé acima - 1a. crônica

Outros destaques no Jornal São Tomé Online

Outros destaques em Via Fanzine

 

Em São Tomé das Letras temos o Tatoo, popular vendedor de bebidas nas imediações da Pirâmide, principal ponto turístico na região central. Talvez ele tenha ganhado este apelido por causa de certas semelhanças com o Tatoo do seriado Ilha da Fantasia, produzido por Aaron Spelling e Leonard Goldberg e veiculado pela tevê brasileira de 1978 a 1984. Somente aqueles que têm mais de 40 anos devem se lembrar disso.

 

Este antigo seriado aborda uma ilha paradisíaca onde qualquer desejo pode ser realizado por aqueles que a visitam. Há na ilha um certo mistério que envolve todos que por ali passam. O anfitrião dessa ilha é o senhor Roarke (Ricardo Montalbán), juntamente com seu auxiliar, o pequeno Tattoo (Hervé Villechaize), um simpático anãozinho.

 

A ilha recebe pessoas problemáticas vindas de várias do mundo, buscando ali, a resolução de suas aflições. Assim, o local torna-se então uma espécie de templo a céu aberto para reflexões no sentido de sanar as dores e as más vivências ou experiências passadas dos hóspedes que para lá se dirigem.

 

Para muita gente, São Tomé não tem sido muito diferente disso. Na cidade, também, sempre chegam pessoas vindas das mais diversas localidades do Brasil e do exterior, algumas para somente visitar e outras para residir. Muitas são atraídas pela falada “energia do quartzito” que causaria bem-estar aos que ali estiverem, além das belas paisagens, picos, cavernas e cachoeiras.

 

Mas na vida real, nem tudo é como na fantasia. São Tomé possui uma grande população flutuante, composta por poucos milhares de pessoas vindas de outros lugares que por aqui vivem durante alguns anos, mas um dia acabam indo embora.

 

Sem dúvida esta é uma cidade diferenciada da maioria, mas por sua mínima dimensão urbana, por vezes, gera conflitos para aqueles que desejam aqui residir e se deparam com as praticamente escassas oportunidades para se obter emprego. Mas, ainda assim, esta “ilha da fantasia” costuma abraçar a todos que nela se estabelecem.

 

Durante os quase dois anos em que resido na cidade, vi muita gente chegar e ir embora, além de outros que morreram por aqui. Acredito que será difícil a qualquer um a retomada da vida em um grande centro, após morar em uma pequena cidade do interior por alguns anos.

 

Temos também aqui nossos problemas sociais, embora estes difiram bastante dos problemas das grandes cidades ou metrópoles. Com a atual falta de recursos, administrar uma cidade por menor que seja acaba por ser quase um ato de heroísmo. Sempre há muito o que se fazer, consertar, restaurar e as reivindicações não param por aí. O cidadão letrense (independente de ser nativo) por muitas vezes se doa às questões comunitárias, visando melhorar o quadro atual ou a própria qualidade de vida do lugar. Assim, surgem ações espontâneas de grande valia para o quadro geral da comunidade.

 

Mas, definitivamente, São Tomé, apesar de ter também o seu Tatoo não é um local de fantasia, mas de vida real, lugar de trabalho árduo para muitos, sobretudo, nos fins de semana e feriados.

  

* Pepe Chaves é jornalista e editor dos portais Via Fanzine, Jornal São Tomé Online e da Rede ZINESFERA.

 

- Foto: Pepe Chaves/Arquivo Jornal São Tomé Online.

 

Leia também as outras crônicas:

Aspectos humanísticos e típicos de São Tomé

De Sant'Ana a São Tomé acima - 1a. crônica

Outros destaques no Jornal São Tomé Online

Outros destaques em Via Fanzine

 

- Produção: Pepe Chaves.

© Copyright 2004-2019, Pepe Arte Viva Ltda.
 

Ir para a página principal

 

ARQUEOLOVIA ASTROVIA DORNAS ITAÚNA J.A. FONSECA SÃO TOMÉ UFOVIA VIA FANZINE           
© Copyright 2004-2019, Pepe Arte Viva Ltda.
 

 

Motigo Webstats - Free web site statistics Personal homepage website counter