AEROVIA ARQUEOLOVIA ASTROVIA DORNAS DIGITAL ITAÚNA FANZINE J.A. FONSECA UFOVIA VIA FANZINE

          

Triangulo Mineiro

 

Araxá

Tempestade causa destruição nunca vista

Além do vento e da chuva, uma sequência de trovões e raios muito fortes criaram um efeito assustador, não houve um único segundo sem que raios deixaram de iluminar a noite.

 

Por Fábio Bettinassi*

De Araxá-MG

Para Via Fanzine

10/01/2019

 

 

Nesta semana a cidade de Araxá foi atingida por uma forte tempestade que causou transtornos e muitos prejuízos materiais.

Leia também:

Outros destaques em Via Fanzine

 

Na madrugada da quarta-feira, 09/01, uma forte tempestade assustou os moradores de Araxá, cidade do triângulo mineiro com 100 mil habitantes.

 

A chuva inesperada que surgiu a meia noite causou um nível de destruição inédito na cidade, derrubando árvores, arrancando postes, destruindo veículos e chegando ao extremo de derrubar casas e muros nos bairros da periferia.

 

O que mais chamou a atenção da população foi que durante o dia, um forte calor com muita umidade baixou sobre a cidade e no final da tarde, algumas nuvens leves apareceram no céu, mas ninguém imaginou que horas depois, um vendaval seguido de chuva forte chegaria com tanta intensidade.

 

Moradores relataram que quando o relógio bateu meia noite, um vento súbito e de alta velocidade começou a soprar e em poucos minutos, caiu a maior tempestade das últimas décadas, vindo a amainar somente uma hora e meia depois.

 

Carro atingido por uma barra de ferro durante a tempestade.

 

Além do vento e da chuva, uma sequência de trovões e raios muito fortes criaram um efeito assustador, não houve um único segundo sem que raios deixaram de iluminar a noite. O forte ribombar dos trovões fazia vibrar as casas desde suas fundações, fato que provocou pânico em diversos moradores, que assustados, ligaram para os serviços de emergência.

 

Assim que o dia raiou, um cenário de destruição se revelou, impressionando a população, que atônita e sem acreditar no que via, lamentava tamanhos prejuízos. Dona Rita Amaral, do Bairro Veredas, disse que acordou com o barulho dos raios e que em seus 74 anos de vida, jamais tinha visto uma chuva tão forte e com tantos raios.

 

A tempestade arrancou árvores inteiras em vparios locais.

 

Até às 15h da quarta-feira em Araxá, as lojas de materiais de construção tinham vendido todo o estoque de telhas, usadas para reparar os inúmeros telhados que foram levados pelo vento. Caixas d’água de residências, cercas, vidros, alambrados e fachadas de lojas também foram outros itens afetados em toda a cidade.

 

Com medo que outra tempestade possa acontecer entre hoje e amanhã, os moradores de Araxá comentam nas ruas e no comércio que tamanho distúrbio climático pode ter relação com o aquecimento global, enquanto especialistas em climatologia alegam que tempestades como essa são causadas pelo fenômeno conhecido como El-Niño, que retira o calor das águas do Oceano Pacífico e descarrega sobre regiões do Brasil.

 

Seja o El-Niño ou o Aquecimento Global, fato é que alguma poderosa alteração climática está ocorrendo, enquanto nossa única certeza é que mais destruições como essa tendem a se repetir.

 

* Fábio Bettinassi é publicitário, articulista e colaborador de Via Fanzine.

 

- Fotos: Fábio Bettinassi.

 

*  *  *

 

 

Ir para a página principal

 

AEROVIA ARQUEOLOVIA ASTROVIA DORNAS DIGITAL ITAÚNA FANZINE J.A. FONSECA UFOVIA VIA FANZINE

          

© Copyright, Pepe Arte Viva Ltda.

Motigo Webstats - Free web site statistics Personal homepage website counter