O PORTAL DOS ITAUNENSES DE TODO O MUNDO

AEROVIA ARQUEOLOVIA ASTROVIA DORNAS DIGITAL ITAÚNA FANZINE J.A. FONSECA UFOVIA VIA FANZINE

          

Política

 

Infidelidade partidária:

Vereadores podem perder mandato

TRE solicita explicações a Marcio Hakuna, atual presidente da Câmara Municipal, Pranchana Jack e Lacimar Três, que podem perder seus mandatos por possível crime de infidelidade partidária.

 

Da Redação*

 Via Fanzine

09/06/2018

 

No processo do TRE envolvendo o presidente da Câmara Márcio Hakuna, Três e Pranchana, o Tribunal solicitou explicações sobre o suposto crime de infidelidade partidária que os edis teriam cometido.

Leia também:

Outros destaques em Via Fanzine

Leia outros destaques em Itaúna Fanzine

 

De acordo com a Contraponto, três vereadores itaunenses podem perder seus mandatos nessa atual legislatura. São eles, o atual presidente da casa Marcinho Pinto (Hakuna), Iago Santiago (Pranchana Jack) e Lacimar Três.

 

No processo do TRE envolvendo o presidente da Câmara Márcio Hakuna, Três e Pranchana, o Tribunal solicitou explicações sobre o suposto crime de infidelidade partidária que os edis teriam cometido.

 

Os três vereadores trocaram de partido, mas seus respectivos partidos não ajuizaram a devida ação comunicando a desfiliação partidária ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Os vereadores teriam o prazo de 30 dias para fazer o comunicado e como não o fizeram, o TRE pediu explicações, registrando assim essa ação contra os referidos vereadores.

 

De acordo com a legislação eleitoral, a mudança de partido sem justa causa é considerada infidelidade partidária, configurando-se em CRIME ELEITORAL. O TRE quer saber por que os três vereadores fizeram a mudança partidária, mesmo sabendo que não podiam fazer a desfiliação sem fazer a devida comunicação ao Tribunal.

 

Marcinho Hakuna, pertencia ao PSD e desde março passou a pertencer ao PSL. Pranchana pertencia o PP e se filiou ao AVANTE. E Três pertencia ao PSL, mas agora passou a integrar o PODEMOS.

 

Os vereadores terão até cinco dias após a citação para se defenderem e, após a defesa, caso o TRE entenda que os vereadores realmente cometeram crime eleitoral, eles terão o mandato cassado e os seus suplentes assumirão suas vagas.

 

* Com informações de Contraponto.

   

- Fotos: Divulgação.

 

 

Leia também:

Outros destaques em Via Fanzine

Leia outros destaques em Itaúna Fanzine

 

AEROVIA ARQUEOLOVIA ASTROVIA DORNAS DIGITAL ITAÚNA FANZINE J.A. FONSECA UFOVIA VIA FANZINE

          

© Copyright, Pepe Arte Viva Ltda.

Motigo Webstats - Free web site statistics Personal homepage website counter