A sua plataforma de embarque para a Astronáutica, Astrofísica e Astronomia  - Com a qualidade jornalística  Via Fanzine

 

 

Meteorito

 

Tunguska:

Encontrados os fragmentos do objeto?

Fragmentos do objeto de Tunguska não foram encontrados

ou pelo menos não há nenhuma prova real positiva disso.*

 

 

Supostos fragmentos do objeto que teria explodido em Tunguska, em 1908.

- Leia também:

Avistado possível meteoro nos estados de RJ e ES

Confirmada a natureza do meteorito de Chebarkul

Moradores relatam passagem de 'bola de fogo' nos EUA

Asteroide passa perto da Terra sem causar problemas

Meteorito na Rússia: Uma visita não anunciada

Rússia: Meteorito assusta e fere centenas de pessoas

Asteroide Toutatis passará pela Terra

Meteorito carregava ‘água longínqua’

Mais um asteroide ‘raspa’ a Terra mais uma vez

Meteoro explode sobre o País de Gales

Meteorito assusta moradores de Cuzco

Câmeras registram passagem do meteorito na Rússia - em vídeo

  

A Twitteresfera, alguns sites de notícias de ciência e listas de discussão na internet estão alvoroçados com a história que os fragmentos do objeto que causou a famosa explosão em 30 de junho de 1908, em Tunguska, na Sibéria, teriam sido encontrados.

 

A maioria vincula essa notícia a uma postagem no blogue Technology Review, do MIT, baseada em um manuscrito enviado ao Instituto por um russo chamado Andrei Zlobin, da Arxiv.org.

 

Para rebatê-lo, podemos ser curtos: é altamente improvável que os objetos em questão, obtidos a partir de sedimentos em um banco de areia do rio Khusmo, sejam fragmentos do objeto que explodiu em Tunguska.

 

A "evidência" fornecida é totalmente insatisfatória. Estou convencido de que o manuscrito não passará por revisão. Note que os documentos publicados no Arxiv.org são manuscritos. E a questão não tem sido aceita para publicação por nenhuma revista científica ainda e nem deve ser, acredito.

 

Em minha opinião os objetos retratados parecem concreções de hidróxido de ferro terrestres normais, o mesmo que pode ser encontrado em solos arenosos onde aja lençol freático flutuante, em pântanos e em sedimentos fluviais.

 

Morfologicamente, são bastante típicos para tais concreções, especialmente as amostras de números 3 e 1. O caráter do tipo casca (por exemplo, da 3) é característico, da formação frequentes das concreções: camadas em torno de um núcleo de outro material.

 

Então, eu não vejo nenhuma razão para pensar que este material deva ter origem em meteoritos. Além disso, esta alegação não apresenta qualquer análise química que possa apoiar à sugestão de que tais partículas sejam mesmo de meteorito.

 

Enquanto isso, tal análise é o mínimo que se espera para se fazer uma afirmação como essa. Além disso, o documento não fornece qualquer ligação clara entre essas partículas e as supostas de 1908, relacionadas à explosão em Tunguska.

 

Por que tais materiais deveriam ser partículas da explosão de 1908? O que aponta a uma origem específica para estas partículas? Será que elas vêm de sedimentos que são inequivocamente datados de 1908? Zlobin não fornece todos os argumentos. Em outras palavras: tudo é altamente duvidoso e até agora, uma história inacreditável.

 

É uma pena que muitos sites científicos de notícias, a começar pelo Technology Review, do MIT, incluindo o Space.com, estejam divulgando este manuscrito da Arxiv.org, sem as devidas bases que assegurem veracidade em tais informações.

 

* Informações de Sattrackcam Leiden/Station (B)log.

   03/05/2013

 

- Tradução: Pepe Chaves.

 

- Imagem: Universe Today/Reprodução.

 

- Leia também:

Avistado possível meteoro nos estados de RJ e ES

Confirmada a natureza do meteorito de Chebarkul

Moradores relatam passagem de 'bola de fogo' nos EUA

Asteroide passa perto da Terra sem causar problemas

Meteorito na Rússia: Uma visita não anunciada

Rússia: Meteorito assusta e fere centenas de pessoas

Asteroide Toutatis passará pela Terra

Meteorito carregava ‘água longínqua’

Mais um asteroide ‘raspa’ a Terra mais uma vez

Meteoro explode sobre o País de Gales

Meteorito assusta moradores de Cuzco

Câmeras registram passagem do meteorito na Rússia - em vídeo

Acesso às informações sobre Satélites e Lixo Espacial

Nasa divulga 1ª fotografia completa do asteroide Vesta

Nasa esclarece sobre passagem do cometa Elenin

Nasa mostra asteroide que passa próximo

Asteroide passou raspando à Terra

Mais lixo espacial atinge o Nordeste

Coisas que caem do céu

SRVAS – lixo espacial em queda – vídeo da TV FANZINE

Encontrada parte do Ônibus espacial Columbia num lago

Asteroide passou raspando à Terra

De olho nas ameaças que vêm do céu

Descoberto asteroide que segue a Terra

Doutorando da USP lança livro sobre Direito Espacial

Pedra fumegante se precipita sobre uma praia

Argentina: 'Bola de fogo’ em queda matou um e feriu oito

 Bólidos - matérias sobre asteroides e objetos em queda

Outras matérias do portal ASTROvia

 

Leia outras matérias na

www.viafanzine.jor.br/astrovia.htm ©Copyright, Pepe Arte Viva Ltda. Brasil.

 

 

 

DORNAS DIGITAL

 

 

Motigo Webstats - Free web site statistics Personal homepage website counter